segunda-feira, 3 de maio de 2010

O Diário dos Leitores de Anne Frank (1)

Na capa do meu O Diário de Anne Frank está escrito EDIÇÃO DEFINITIVA. Eu, geralmente, desconfio de livros que se dizem definitivos ou capazes de cobrir toda a história de um determinado assunto. Com um professor da faculdade, aprendi que o historiador não é capaz de esgotar um tema e, no caso dos organizadores dessa edição do livro que comprei, imagino o mesmo. Quem garante que um novo dado sobre a jovem Anne não possa surgir no futuro? Foi lendo o prefácio que entendi melhor o que eles queriam dizer com EDIÇÃO DEFINITIVA.

Anne Frank começou a escrever seu diário em 1942. Em 1944, ouviu no rádio, ou alguém lhe contou – acho que vou esclarecer essa dúvida durante a leitura –, que o governo holandês, quando acabasse a guerra, iria reunir as correspondências e os diários de sobreviventes que foram vítimas da situação imposta pelos nazistas. Por isso, Anne, animada com a ideia, começa a organizar e reescrever trechos do diário – são despertadas pretensões literárias nela. Isso fez com que surgisse uma segunda versão do mesmo diário.

Com o término da guerra, e a certeza do destino de Anne, seu pai, que sobreviveu – já estou me perguntando em que momento eles se separaram (essa é outra dúvida que vou conseguir responder com a leitura) –, organiza uma terceira versão do diário, reunindo partes dos dois primeiros e excluindo trechos que considerou impróprios para a época, como os que tratam de sexualidade. Com a sua morte na década de 1980, o diário foi revisto e relançado na íntegra, com 30% de conteúdo adicional. E é esta versão organizada pela escritora Mirjam Pressler, que a editora Record, aqui do Brasil, passou a chamar de DEFINITIVA, por conter esses textos adicionais.

Você leu o prefácio da sua edição? Caso tenha conseguido um exemplar mais antigo, anterior à morte do pai de Anne, pode ser que você esteja lendo a compilação feita por ele. Se for o caso, avise o grupo, pois, assim, poderemos compartilhar as informações acrescentadas nessa edição mais recente, ok?

Agora, vamos falar um pouquinho sobre o grupo. Vocês viram o título do post? Acho que “O Diário dos Leitores de Anne Frank” é uma boa maneira de intitular os posts do nosso grupo, afinal, vamos registrar com certa frequência nossas impressões sobre o livro, não é mesmo?

Como vocês estão em semana de provas, para essa semana pensei em lermos o que Anne escreveu no mês de junho, no ano de 1942. Na minha edição, se não me engano, são apenas 11 páginas. Mais importante do que a quantidade de páginas lidas, é a qualidade da leitura, que, sendo feita com folga, é prazerosa, respeita o tempo de leitura de todos e nos proporciona a reflexão necessária para extrairmos o que o livro pode nos oferecer de melhor.

Então, no domingo, dividimos nossas impressões, colocamos nossas dúvidas e marcamos o próximo encontro e as páginas a serem lidas.

Um abraço e boa semana a todos.

27 comentários:

Mariana disse...

Olá professor Carlos.

Ainda nao consegui o meu livro, infelizmente. Estou providenciando espero ter ele em mãos logo =)

Carlos Assis disse...

Oi, Mariana!

Como você viu, essa semana, por ser de provas, nós vamos ler poucas páginas, apenas o que Anne escreveu em junho de 1942. Quando o seu livro chegar, vai dar tempo de você acompanhar o grupo.
Estou torcendo para que você esteja com ele em breve.

Um abraço e continue dando notícias e acompanhando os comentários do pessoal.

Palmezano disse...

Ola Pessoal!
Não dei noticias no blog domingo pq fiquei sem net aqui em casa(Tedio total),estou esperando o livro chegar(OBS:Comprei no Submarino) boa noite a todos!

Carlos Assis disse...

Pessoal, a Giovana, do 9º ano, deixou um comentário num post anterior com a história de como a Ana Eliza, também do 9º ano, conseguiu a edição dela. É uma edição de 1974! Provavelmente é a compilação feita pelo pai da Anne Frank, que eu citei no post de hoje. Acho que durante a leitura, podemos comentar com a Ana aquilo que foi acrescentado nas edições mais novas e descobrir com ela aquilo que o pai da Anne tirou do texto original, por considerar "conteúdo imprório".

Para os mais ansiosos, que não estão conseguindo aguardar a entrega do livro, a Gabriela Parra, do 1º ano, indicou um site onde é possível ler o diário: http://premium.klickeducacao.com.br/conteudo/pagina/0,6313,PPR-2660-,00.html
A editora Record autorizou a leitura nesse site, por isso, não se preocupem com pirataria.

Um abraço a todos.

matheus disse...

Olha para todos do bloq,quero fazer ao procurar o livro em algumas livrarias e sebos pude notar que a 2 títulos para o livro 1 é "O diário de Anne Frank" e o outro é "O diário de uma jovem",mas mesmo assim os dois livros tem o mesma Autora(Anne Frank),mas são de gráficas diferentes!!!!

Carlos Assis disse...

Olá, Pessoal!

Fui conferir na internet e encontrei a edição que o Matheus viu nas livrarias e sebos. É de 1972, publicada com o título "Diário de uma jovem", pela editora Itatiaia.
Quem quiser dar uma olhada na capa, está aí o link: http://www.traca.com.br/util/thumb_2.php?id=412452&larThumb=350&altThumb=460

Matheus, estamos torcendo para que você consiga o livro.

E o pessoal que estava aguardando a entrega, receberam?

Mesmo com pouco tempo, por causa da semana de provas, já li alguns dias do diário de Anne. Até domingo eu termino o nosso combinado para essa semana: mês de junho de 1942. E no domingo conversamos sobre esses primeiros dias.

Abraço a todos.

Marcial disse...

Olá, Pessoal...
- Olha estarei Auxiliando para aqueles que não podem comprar o Livro, Nessas primeiras partes do Projeto, Fazerem o download das versões do livro...
e Também estarei Postando o E-book Na Minha Conta Do Megaupload
- Como todos já sabem, o Próprio Google Possui uma Disponibilidade de livros (alguns, Que a editora libera) '' Google Livros ''
= http://books.google.com.br/
Então Consegui encontrar Facilmente uma Versão Online do Livro =

'' Versão definitiva '' da Editora Record = http://books.google.com/books?id=vtWhueS9gQEC&printsec=frontcover&dq=di%C3%A1rio+de+anne+frank%5D&hl=pt-BR&cd=1#v=onepage&q&f=false

E Versão Do E-book, Download:

Megaupload : http://www.megaupload.com/?d=K0FMHSCW

Tutorial do Download:
1 - No canto superior direito do site aparece uma série de números ou letras, digite os números que aparecerem na caixa ao lado deles e depois aperte no botão "Download comum"...
2 - Um contador aparecerá, quando o contador for de 45 segundos e chegar a zero, no local onde ele ficava aparecerá um botão escrito "Download Comum". É aí que você clica e o seu download começará normalmente, sem precisar pagar por nada.

______________________________
Encontrei também Um Filme Lançado em 2001 - Chamado ''Anne Frank The Whole Story'' Não sei a Classificação Nem Muito Sobre o Filme, Mais se O Professor Carlos Quiser Posso Conseguir Legendado.
Segue Abaixo o Trailer no Youtube
= http://www.youtube.com/watch?v=r6OPtrp6Nds&feature=related

Bom é Isso, Espero ter Ajudado.
Um Abraço a todos...
Ótima Semana, Marcial.

Carlos Assis disse...

Olá, Marcial,

Obrigado pela ajuda com as versões online do livro. Acho que agora todos que estavam atrás do PDF, vão conseguir fazer o download.

Sobre o filme (como falei em sala), acho mais interessante só assistí-lo depois de ler o livro, porque, quando fazemos o contrário, passamos a imaginar o livro como sugerido pelo diretor.

Um abraço e ótima semana para você também.

Palmezano disse...

Pessoal consegui a 7ª edição e a 26ª estou atras da 1ª edição se alguem tiver me avise,boa noite a todos!

Bruna disse...

Oi professor. Bom, só quero dizer que enquanto tento convencer meus pais a comprarem o livro vou ler pelo link que o Marcial mandou para não ficar tão atrasada..

matheus disse...

Minha historia de como consegui o livro!!!

"Depois de procurar incansavelmente, livro em sebos,na internet,achei que não iria conseguir.Porque todos os sebos e livrarias que eu ia,ou estava caro ou não tinha,mas depois de andar a Teodoro Sampaio inteira,acho minha salvação e pergunto para o vendedor,muito cansado e quase desistindo:
-você teria o livro que se chama o "O diário de anne Frank aqui?
Ele responde:
-tenho!!!
Essa palavra tinha me aliviado,e ele tinha me oferecido um preço acessivo e depois de uma Grande conversa e pechinchando o livro,consigo um preço bom de 30 reais paguei apenas 29,pelo menos consegui um desconto,a já estava esquecendo,meu pai também vai participar da leitura,ele comprou a edição,com o titulo "Diário de Uma jovem",a e na loja que comprei tinha o filme do livro"

ESSA É A MINHA HISTORIA!!!!

matheus leitao disse...

disponibilizei o livro no meu Blog!!!


http://matheusleitao.blogspot.com/

Carlos Assis disse...

Olá, Pessoal!

Palmezano, é muito boa a sua iniciativa de comparar as edições. Parabéns!

Que bom, Matheus, que você conseguiu o livro com um bom preço.
Quanto ao blog, cuidado com as leis sobre direitos autorais.

Um abraço a todos.

Marcial disse...

Boa Noite ! Que Bom Matheus,e
Olha acho que sobre os Direitos autorais não tem problema , Pois é a mesma versão do PDF e as que se encontra em sites como o Google E-book ....
Abraço..

matheus leitao disse...

Postei fotos e curiosidades relacionadas a Anne !!!

www.matheusleitao.blogspot.com

Palmezano disse...

Pessoal olha só as fotos que eu achei nesse site:http://garotinharuiva.wordpress.com/2010/01/29/casa-de-anne-frank-emocionante-amsterdam/

matheus leitao disse...

Palmezano e todos do Blog entre nesse site,lá vc encontra tudo sobre a Anne,tem ate um museu!!!

http://www.annefrank.org/

matheus salgado disse...

Oi professor
Adorei essa sua iniciativa de usarmos a internet para algo bom e ao mesmo tempo legal.
Não consegui comprar ainda o livro mais baixei o site que o Marcial passou e vou por enquanto acompanhar por lá, ate comprar meu livro...

Boa noite e abraços.

Elisama disse...

Meu livro chegou ontem!!! Comprei um igual ao seu profºCarlos, mas confesso que gostaria de ter comprado aquele completo contendo as partes que o pai da Anne Frank retirou do diário. No entanto, como a internet é um instrumento poderoso tenho certeza que logo conseguirei localizar estes trechos. Enfim, nos encontramos aqui domingo para comentários do mês de Junho de 1942. Boa leitura a todos!

Elisama disse...

Nossa Carlos, li seu post apenas agora... então a nossa versão é chamada de definitiva por conter justamente estes trechos? Não sabia, no site do submarino não falava sobre isso...que bom, então comprei o certo rsrsrs

Carlos Assis disse...

Oi, Matheus Salgado!
Obrigado. E já que você gostou da ideia, faça isso. Continue acompanhando pela versão em PDF até conseguir o livro.

Palmezano e Matheus Leitão, visitei os sites que vocês indicaram. Muito legais as fotos.

Oi, Profª Elisama!
Pois é, essa edição contém a versão integral, sem cortes. Vi uma das edições mais antigas (que estava com o Palmezano). Nela, o diário começa no dia 14. O pessoal vai nos avisar sobre as diferenças nas edições. É uma boa maneira de descobrirmos alguns tabus da sociedade nos anos 40 e 50.
Boa leitura para você também.

(Estou ansioso para postar novamente... mas combinado é combinado. Domingo conversamos sobre junho... de 1942.)

Liah disse...

Tenho a 4ª edição, do ano de 1947.
O prefácio diz que o diário foi o primeiro presente que Anne abriu em seu aniversário de 13 anos e o que mais gostou.
Achei muito interessante essa informação do seu prefácio, professor, falando o aviso do governo holandês.

Boa leitura a todos !

Gabrielle Esther disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gabrielle Esther disse...

Olá professor :]
Primeiramente , quero dizer que adorei a ideia de lermos juntos " O Diário de Anne Frank " , essa é uma ótima iniciativa de incentivar a leitura e , também , fazer da internet um meio para algo útil .
Hoje , finalmente , encontrei o livro no shopping Jardim Sul , por sinal o mesmo que você comprou . Já comecei a ler e estou adorando !
Um beijo e boa leitura .

Carlos Assis disse...

Oi, Gabrielle!

Eu também tenho achado muito divertido ler em grupo.
A internet pode propiciar este tipo de experiência e outras que podemos descobrir, não é?
Como você deve ter lido no post, eu também comprei o livro no shopping Jardim Sul.
Fico feliz em saber que você está gostando do livro.

Boa leitura para você também!

Ali Shandih disse...

Ola Prof. Carlos, apenas para abrilhantar vossa aula, e não sei se ja fez parte de vosso estudo, sugiro o filme Escritores da Liberdade. Tem algo de fascinante nesse filme, que envolve desde a historia de Anne Frank como a dedicação de uma professora em mudar uma sala de aula utilizando esse tema. Um filme explêndido! Abraço Alexandre kluska

Anônimo disse...

Oi prof. Carlos eu queria mesmo é fazer uma pergunta já que eu não li o livro fiquei sabendo da história pelo o que as pessoas dizem sobre o livro.A minha dúvida como que aconteceu a mudança de vida trocando de casa e indo para o anexo, e como que eles reagiram a isso de modo geral, em relação aos oito moradores do anexo. Seria uma grande gentileza se você me responder.Obrigado pela atenção